O resto de Drummond


(Primeira parceria poética entre Brunna Cortês e Rafael Geremias)

É que a gente acaba ficando com algum resto...
Eu fico não com os restos de saudade
Mas com os atos-restos que se tornam meus.
Impossível não ser assim:
A gente é muitos em um só
E um só em muitos.

Um comentário:

  1. O mais novo nós dois, ou simplesmente um eu e você...

    ResponderExcluir

Rafael Geremias