Dos sentimentais desencontros ou poemas para se quebrar a fantasia


Eu te procurei por semanas.
Procurei dentro dos dias da semana,
dentro dos períodos dos dias,
dentro das horas dos dias.
Na última hora do dia
(a mais obsessiva antes do sono)
houve desespero
houve alegria
houve nada

e soube
como se sabe
depois das longas
buscas

que te procurei
no ano
errado.

Um comentário:

Rafael Geremias