Poema Brasileiro

"Depois de tantas idas e vindas nessa busca de ectoplasmas - tornei-me quase um caça fantasmas -, este é um poema despreocupado com tudo."
Beijos do Rafa
Poema Brasileiro


Agora não,
deixe pra depois
que o arroz tá no fogo
e ele pede atenção;
o fogo é alto
a água tá secando
logo, logo é o futuro
com fome de mistura de feijão.

10 comentários:

  1. Gostei do poema.. bem cultural.. e a imagem hein! heheh mais cultural ainda.. (soou meio lésbico.. hahahaha) Olha só minhas peças estao lah no blog.. da uma passadinha.

    Bjos!

    ResponderExcluir
  2. mais-que-brasileiro, humano...

    abraço grande.

    ResponderExcluir
  3. Dinis,

    Fico lisonjeado quando entra em meu blog e comentas, porque és um ótimo desenhista.

    Abraços

    rafa

    ResponderExcluir
  4. Pedra,

    Não é nem simplicidade,às vezes é preciso ser certeiro com poucas palavras.

    Beijos

    rafa

    ResponderExcluir
  5. Tássia,

    Eu sou meio gay! uhauhaua

    Beijos

    Rafa

    ResponderExcluir
  6. Paulo,

    Continua sendo o número um.

    Sim, é humano.

    Abraaaaaaaaaaaaaço


    Rafa ;)

    ResponderExcluir
  7. Obrigada pelo carinho, Rafa :)
    Seu comentário causou polêmica lá no blog, rs.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  8. que bom é curtir o "logo logo"...
    logo logo o thc dá a lombra,
    logo logo o sexo leva ao gozo,
    logo logo escrevo mais uma poesia,
    e logo logo passa a dor inerente ao ato...
    e arroz com feijão é muito gostoso com uma soja bem temperada e cozida!

    muito bom, cara!
    abraçOo

    ResponderExcluir

Rafael Geremias