Parágrafo

Parágrafo
Sou dado as coisas assim prontas, como quando uma coisa alude a outra e tudo flui em harmonia; um futuro rodeado na ciranda que deita rodas gigantes em carrosséis, assegurando-me giros sem alturas. As coisas assim prontas surgem do meu anexionismo: o que me é compreensível é porque também me compreende, o resto ignoro; os que insistem, construo divisas e isolo.

2 comentários:

  1. Muitas vezes precisamos de um tempo longe daquilo que estamos habituados para saber se realmente queremos.


    I want you...
    S2

    ResponderExcluir
  2. Parágrafo ou poema?
    Poesia, certamente.

    ResponderExcluir

Rafael Geremias