Diário de Bordo III


Distanciar-se
aproximar-se,
como as embarcações que chegam,
ancoram e partem a todo instante.

Tal como as pessoas,
os outros animais, insetos,
tudo o que é vivo (a pedra) (o sedimento de pedra) e que por algum motivo,
o mais diverso e desconhecido motivo,
chega,
ancora e

p a r t                    e.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Rafael Geremias