Diálogo

às vezes,
coloco as mãos por primeiro
e faço.

Outras, coloco o coração por primeiro,
em seguida
o restante do corpo.

o que quero dizer com isso
é que
às vezes eu construo e passo a ter amor;
outras,
amo fora do processo.

só não deixo de amar 

nunca.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Rafael Geremias