Seria tão bom pintar as paredes de vermelho, as luminárias de preto, e ter como paisagem as cerejeiras do Japão...

Rafael Geremias