Dos sentimentais desencontros ou Poemas para se quebrar a fantasia


Nunca fui tão atual quanto hoje.
Nunca estive tão próximo da morte.
Existe algo mais atual que a morte?
Um passo e ela nos apanha.
Um passo e ela nos resume.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Rafael Geremias