Dedicatória


Iridescente teus olhos.
Astros feitos de vidro;
pequenas bolicas caramboladas

-Que jurei nunca mais olhar.

Tuas macias bolas:
kiwis aveludados
moldáveis formas

-Que jurei nunca mais pegar.

Face de traços másculos:
retas quebradas
de ângulos chapados

-Que jurei nunca mais pensar.

Poema de três partes
das tuas partes
Relutantes

-Que jurei não te dedicar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Rafael Geremias