Estranho é pôr os sonhos sobre o mar ao invés do veio de rio próximo que você me assenta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Rafael Geremias