Sei quando parto, só não sei quando volto

Uma breve pausa entre um poema e outro e eu e todo o meu passado que não serve pra nada. Quando voltar, quero surpresa e ouvir que estou mudado.

- blog em recesso -

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Rafael Geremias