Na barca dos amantes

Na barca dos amantes
todos chegam atrasados
com pressa de partir.
Por isso navegam disparates
e condenam-se
por erros que nunca existiram
senão porque os queriam.
Para estes apressados,
torço que se afoguem antes
de atracarem num porto seguro.
Pois do meu amor
quero a paciência de remar distâncias
e a eternidade possível
que se pode conter entre as mãos.

5 comentários:

  1. como diria Paulinho da Viola...

    "não sou eu quem me navega quem me navega é o mar..."

    abraço meu caro

    aprecio a sua arte.

    ResponderExcluir
  2. cara, saudades de passar por aqui... n seise é recente, mas ainda nem tinha visto o novo banner do blog... mto mto mto bacana..

    *prometo n sumir de novo.. risas..

    abraço grande.

    ResponderExcluir
  3. cara, saudades de passar por aqui... n seise é recente, mas ainda nem tinha visto o novo banner do blog... mto mto mto bacana..

    *prometo n sumir de novo.. risas..

    abraço grande.

    ResponderExcluir
  4. ...
    -Que lucidez! É só o que consigo dizer...

    ResponderExcluir
  5. Lucidez conseguida após tanto me afogar.

    ResponderExcluir

Rafael Geremias