Estes, os admiráveis

Àqueles que me constrangem
impondo-me outras realidades das quais  me achei forte
o suficiente para enfrentar.
Àqueles que me cavaram buracos e
em seguida me estenderam a mão
em seguida me tiraram o chão
e repetidamente me restituíram uma nova força.
São a estes, os admiráveis,
os vinte e cinco % que busco, ora encontro ora perco.
Estes que lutam por suas verdades a todo custo.
Nestes que me apóio e quando guerreamos
estamos prontos para defender
(nos defender)
esse ponto em comum que nos liga
que perfura quando por algum motivo
pomos tudo isso em dúvida
Vocês são feito da mais pura essência
(não transcenda isso para o divino, deixe na escala humana que é a nossa)
que não poderia descrever a ninguém
porque disso, só intenciono deixar no ar, na mente dos que lêem isso
a certeza que é em vocês que vivo.

Vocês me tiram do eixo e mesmo assim,
atropeladamente
me recomponho.

6 comentários:

  1. Lindo Rafa, orbigada ^^
    Mas isso não muda o fato de eu ter achado uma puta sacanagem o Bruno ter sido o primeiro!! E não me venha com uma falsa desculpa de ordem alfabética!
    heheheh
    Beijossss

    ResponderExcluir
  2. Nada de sacanagem, isso a gente faz depois, meu amor.

    Isa, breve eu e o Diego te visitaremos de motinha uahuhaa.

    Ah, e assim, família é desse jeito você ama todos não igual, mas com intensidades diferentes e isso modifica todas as posições: não existe primeiro lugar, todos estão em volta de mim e me sinto protegido por vocês.

    Amo-te!

    ResponderExcluir
  3. QUE LIDO RAFA, SUAS PALAVRAS SÃO MINHAS PALAVRAS, SOU APENAS UMA PAREDE SEM REBOCO, VC QUE ME EMBELEZA, VC QUE ME DA O TOQUE FINAL,
    hOJE NADA MAIS QUE UMA PROVA DE AMOR QUE ME DESTES!
    OBRIGADO POR ESTAR NAS HORAS MAIS DIFICEISS...
    TE AMO MUITO!

    ResponderExcluir
  4. admirável... diria eu q de tão pessoal conseguiu universalizar o sentimento do q é a amizade...

    ResponderExcluir

Rafael Geremias