fura o dedo faz um pacto comigo

Mudança de planos e de comportamento, a infinita mentira do ser
começa a se tornar apenas um mero arquivo morto
e pede aos leitores que não morram, eu sei, será difícil... mas controlem-se!
A INFINITA MENTIRA DO SER dá lugar ao Fura o dedo faz um pacto comigo.
Confesso não saber o que mudará, talvez só o nome e o template, mas quiçá seja o ponto de partida para algo completamente novo.

Deixo a todos que leram este blog até hoje o convite para continuarem me visitando no
e um poemeto

Porque só lembro-me de ti
Quando minha mente o nega estranhamente
e já sem recordações.

Um comentário:

  1. Bem, amigo, vamos então mudar a atenção para o outro espaço. Furar o dedo, neste caso....:-)

    Mas antes quero dizer, que a despedida aqui, foi em grande, porque grande é esse "Epigrama nº 3". Excelente. Guarde bem.

    Abraço

    ResponderExcluir

Rafael Geremias